1/1
Pau a pique ou taipa de mão
 
Consiste numa trama de bambu ou madeira recoberta com barro. O pau a pique é usado normalmente como vedação, necessitando de uma estrutura complementar. Por não ser estrutural, não exige grandes cuidados com o traço da massa. Após o barreado a massa irá secar gerando rachaduras normais ao processo, então é aplicado o reboco composto por cal, areia e terra que dará uniformidade à parede. Os batentes de portas e janelas são fixados em estruturas independentes, por isso devem ser previstos na montagem da trama.
Taipa de pilão
 
Essa técnica consiste em apiloar uma massa de terra pouco úmida dentro de uma fôrma. A taipa de pilão é estrutural, portanto exige um cuidado maior com o traço da massa, a fôrma e o apiloamento. Normalmente faz-se necessária a correção e estabilização da terra. A correção com areia ou agregados, e a estabilização com cal ou cimento.
Adobe
 
Adobes são tijolos de barro secos ao sol que podem ser utilizados como estrutura ou fechamento. Quando estrutural, ele precisa atender requisitos de resistência. Nem sempre encontramos um solo adequado, se muito argiloso é possível corrigi-lo adicionando areia e/ou fibras. Se muito arenoso, adicionando argila. O processo consiste em aplicar a massa dentro de formas que são imediatamente retiradas e reutilizadas.
BTC (bloco de terra comprimida)
 
O BTC, também conhecido como tijolo ecológico ou tijolo de solo cimento, é um bloco composto de terra estabilizada com aproximadamente 10% de cimento. Essa mistura é comprimida por uma máquina (manual ou mecanizada) que lhe dá a forma final. É comum encontrarmos no mercado esse tijolo com dois furos, que além de reduzir a quantidade de material utilizado, permite a passagem de ferragens, conduítes e encanamentos. O assentamento pode ser feito com cola branca ou com a mesma massa do bloco.
Tijolo maciço cerâmico assentado com argamassa de cal, areia e terra
 
É o tijolo queimado comum. Entretanto como alternativa de baixo impacto utilizamos argamassa de cal, areia e terra ao invés de cimento. Assim como o adobe ele pode ser estrutural ou de vedação.
Teto Verde
 
Podem ser aplicados em lajes de concreto ou sobre estruturas de madeira. Em ambos os casos faz-se necessária a impermeabilização da base, um sistema de drenagem e escoamento de água. Depois de impermeabilizado coloca-se terra o suficiente para o crescimento das plantas. Nós damos preferência à espécies resistentes que não precisam de irrigação ou maiores manutenções. São muitas as vantagens dos tetos verde, entre elas o isolamento térmico e acústico, a criação de micro clima, a filtragem do ar e a diminuição do efeito "ilha de calor".
Fundação de pedras
 
As construções com terra devem ser afastadas do solo para impedir seu contato constante com a água. Preenchemos as valas dos alicerces com pedras de forma a evitar a ascensão por capilaridade da umidade do solo. Essas pedras são encaixadas entre si e dispensam argamassa. Ao aflorar, aí sim utilizamos argamassa para atingir uma altura de aproximadamente 20 cm acima do solo. 
Pilar de madeira
 
Quando é necessário uma estrutura independente das paredes utilizamos pilares de madeira. Costumamos utilizar o eucalipto tratado por ser de reflorestamento e abundante na região, evitando assim o imenso impacto gerado pelo transporte de madeira em longas distâncias. Em alguns casos os pilares são apoiados diretamente sobre o alicerce. Em outros são enterrados envolto por brita minimizando o contato permanente com a umidade do solo.