IMG_20190819_162837322.jpg

Entendendo o contemporâneo como algo que responde às questões e necessidades do presente e sendo a construção civil um dos setores que mais impactam o planeta, propomos como arquitetura contemporânea a arquitetura que cause o menor impacto ambiental possível.

Pensamos que uma arquitetura sustentável deve conter na sua essência materiais e processos de baixa energia incorporada, bem como capacidade de reprodução nos diversos contextos sociais.

Procuramos utilizar ao máximo materiais menos processados (terra, madeira, pedra) de origem próxima à construção e mão de obra local, capacitando-a quando necessário.

Prezamos pelo respeito ao terreno e pela qualidade do desenho arquitetônico.

IMG_20191010_153113104.jpg

Ricardo Junqueira Piva, arquiteto formado em 1980 pela Universidade Mackenzie, São Paulo.

 

Recém formado projetou edifícios residenciais em São José dos Campos. Em São Paulo, enquanto sócio do Paulo Sophia e Ricardo Piva Arquitetos participou de projetos institucionais como escolas e agências bancárias.

O escritório recebeu o prêmio do IAB/SP de melhor obra construída de 1989 com a Escola Objetivo de Alphaville, Barueri.

Durante a década de 1990 deu a volta ao mundo por sete anos, passando dois anos na Espanha, um ano na França, quase um ano na África, um ano na Índia, um ano na Ásia e um ano viajando por terra e mar (velejando no Caribe) do Canadá ao Brasil.

Desde 2001 trabalha com foco na construção de baixo impacto, priorizando técnicas construtivas com terra. Membro da Rede Terra Brasil desde o primeiro Congresso Brasileiro de Construção com Terra em 2006, apresentando obras construídas em cinco dos sete congressos bianuais. Ministrou palestras e oficinas em faculdades de arquitetura do Vale do Paraíba, SP.

IMG-20191026-WA0006.jpg

Pedro Abrantes Andrade, arquiteto formado em 2017 pela Universidade de São Paulo. Cursou graduação sanduíche na Faculdade de Arquitectura da Universidade do Porto, Portugal.

Desde 2016 frequenta cursos, oficinas e mutirões relacionados à construção com terra.

Em 2018 foi aprendiz no Instituto TIBÁ (Tecnologia Intuitiva e Bio-Arquitetura) em Nova Friburgo, RJ, se tornou membro da Rede Terra Brasil e começou a desenvolver projetos com Ricardo Piva.